sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Eu tenho...

Eu tenho pensando em escrever muitas coisas mas como a maioria das coisas na minha vida no momento eu só penso, eu tenho um temperamento difícil as vezes sou impulsiva e as vezes me irrito fácil, por isso desde criança eu sempre fiz um exercício de cabeça fria, parar e pensar sempre, mas nos últimos anos isso se tornou um problema, porque eu penso em todas as possibilidades pra me preparar para o pior e poder reagir de forma adequada, mas isso faz com que eu acabe me preocupando com o pior, que provavelmente não vai acontecer. 

Eu sempre pensei muito antes de agir, e foi pensando muito que cometi um grande erro, um erro que eu faria de novo, mas esse erro teve grandes conseqüências pra mim e me deixou em xeque contra mim mesmo, porque muitas coisas que eu acreditava que eu era eu tinha traído, eu me trai, e acho que ainda não aprendi a lidar com isso. Desde lá é só o que tenho feito, eu tenho me traído. Acho que esse é o problema da certeza, você tem certeza que nunca vai agir de uma forma, ai você vai lá e faz, e toda aquela certeza vai por água a baixo, quem eu sou, pra onde vou, que drama. 

Eu tenho que me perdoar, mas é difícil. Eu to quebrada, eu me quebrei e não sei se foi quando isso aconteceu ou antes, mas tem algo em mim faltando, aquele fogo, aquele querer, porque eu não sei o que quero, acho que não confio mais em mim pra saber o que quero. Eu quero tantas coisas, eu quero ler mil livros, eu quero jogar mil jogos, quero conhecer milhões de pessoas, quero ajudar, eu gosto de ajudar, fico feliz quando ajudo, mas eu já trilhei alguns caminhos e todos eles levaram pra direções diferentes. 

Me vejo numa encruzilhada cheia de estradas para serem seguidas mas eu não sei qual seguir, e dizem escolha uma e vai. Mas e se for a errada?  Eu gosto de musica, gosto de cantar, mas isso não é pra mim. Não gosto de chamar atenção apesar de gostar de atenção, confuso. To num ponto, em que tenho que dizer quem eu sou e trabalhar em cima disso, mas eu não sei. Não posso dizer nem o que não gosto, tive um pesadelo uma vez que trabalhava num museu, foi horrível, falei que nunca trabalharia num museu, acabei por trabalhar em um e chorei quando tive que sair porque acabou o contrato. 

O Tempo ta passando e eu to me escondendo, não que seja realmente possível se esconder do tempo. Alguém roubou minha coragem e vontade, e sinceramente, não posso esperar que alguém me devolva elas, tenho que buscá-las, mas não sei onde estão. Tenho que confiar em mim, mas não sei se posso. Tenho que acreditar, mas não sei em que. Eu tenho.

----------

Ps: Eu adoro escrever também mas me distraio fácil e esqueço disso o/

2 comentários:

  1. Vc é incrível, inteligente e muito gente boa. Acredite em vc e em tudo q vc aprendeu. Escolha todos os sonhos e realize o máximo possível. Seja vc e viva. 😆😊

    ResponderExcluir
  2. E afinal de contas, porque uma estrada deve ser a errada?
    Muito bem, voce se preparou para o pior, o pior vc já tem.O que pode te esperar agora, são infinitas estradas certas.
    Se tem algo que aprendi com minha pequena experiência Nanda, é que mesmo diante a escolhes impulsivas, ás vezes inconsequentes e erradas, você pode modificar e fazer ser o caminho certo.
    Eu sai de casa por um relacionamento, impulsiva. Ele não vingou, escolha errada (?).
    Bem, aqui estava eu, sem planos ou sonhos e longe de casa.
    Peguei todas as mentiras que contei ao passar do tempo para mim mesma e escolhi fazê-las dar certo. Tirei minha habilitação, comecei a faculdade e agora por último comprei meu carro.
    Tenho meus novos planos a curto e longo prazo. A cada dia, a cada vitória eu tento me perdoar pelo tempo que considero perdido.
    E será que foi perdido ? Na verdade foi um tempo necessário de aprendizados (só falta convencer meu coração disso haha).
    Não vale a pena ver a vida passando, vai, pega uma carta e vai.
    Se for a errada, vai na errada mesmo e faz dar certo!
    Ninguém nunca está no lugar errado.

    ResponderExcluir