segunda-feira, 13 de junho de 2016

#prayfororlando

No post anterior eu falo sobre o choro, por quê?

Porque eu to triste, eu queria fazer um post sobre o que aconteceu em Orlando, mas o que aconteceu é tão inaceitável é tão perturbador que eu não consigo organizar palavras pra dizer o que to sentindo.  To muito triste com o que aconteceu, ontem eu chorei pela vidas e sonhos perdidos, chorei porque poderia ser eu, poderia ser meus amigos, poderia ser meus pais e minha família chorando a perda de um filho, chorei porque o mundo ta doido, porque inocentes estão morrendo pelas loucuras de poucos, poucos que fazem tanto estrago e tanto mal pra tantas pessoas.  Chorei por medo, por tristeza e por saudade de pessoas que ninguém mais vai ter a chance de conhecer porque suas vidas foram roubadas.

Quando esse tipo de atentado a vida acontece eu fico com raiva mas ontem e hoje só o que eu consigo sentir é tristeza.
Sinto muito, muito mesmo, que o mundo ainda esteja tão bagunçado que essas atrocidades ainda aconteçam. Ninguém deveria ter a possibilidade de tirar a vida de outra pessoa, vida é sagrada, única, intransferível e insubstituível. E qualquer crença ou valores que não acredite nisso deve ser substituída por algo melhor.



#prayfororlando
 
Ps: Uma pessoa no Twitter tava perguntando como as pessoas podem pedir pra rezarem se a maioria das religiões são homofóbicas, deixo aqui a mesma resposta que deram pra ela.

"religiões são homofóbicas, mas fé é esperança e suporte e em horas como essa é só o que resta."

Nenhum comentário: